Pense fora do inbox

April 3, 2020

Não podemos negar que ultimamente o mercado virou e derrubou tudo que estava na caixinha e que agora nós como agência e nossos clientes, temos que correr e juntar tudo novamente. Algumas coisas quebraram, outras foram descobertas, e isso faz com que novos caminhos sejam traçados. Não podemos ficar só chorando pelo leite derramado, mas pegar o pote vazio e encher de outra coisa, quem sabe...de açaí.

 

Estávamos muito acomodados, vivendo apenas ali entre o Facebook e instagram, vez outra no twitter e esquecemos que o mundo da internet tem muito mais a ser explorado e de maneiras sempre diferentes. A seguir, a gente pode explanar um pouco do mais do mesmo, quando se fala em explorar a internet, mas vale a pena lembrar que fora da caixinha ainda tem muita coisa com um custo-benefício ainda vantajoso:

 

 

 

 

1 - Google My Business

 

Deveria ser o primeiro lugar que você deveria cadastrar seu negócio, pois praticamente é o primeiro lugar que as pessoas fazem suas pesquisas. No google my Business você pode colocar todas as informações: Nome, endereço físico ou virtual, horário de atendimento e ainda pode fazer um site rápido dentro da plataforma ou fazer postagens como uma rede social. A vantagem é que tudo postado e informado lá, consegue ter um alcance melhor quando pesquisado. Então não ignore o ponto alto da internet.

 

2 - Site

 

Um pouco óbvio colocar aqui que você precisa ter um site? Não! Ainda há empresas que não possuem site e não são "achadas" como poderiam e acham que não é necessário, pois é. Um site pode ser simples, mas se bem configurado com SEO e Pixel de Facebook, por exemplo, é uma ferramenta poderosa de lucratividade. Um site não precisa ser só institucional. Nele você pode colocar notícias relativas ao seu negócio, vender por ele, informar sua audiência e o melhor: captar leads e fidelizá-los.

 

3 - Loja Virtual

 

Avançou mais uma casinha se conseguiu colocar seus produtos ou serviços a venda na internet, concentrados em um local organizado e logística adequada. Aliado a outros sites parceiros, ao marketplace, instashop, remarketing do google, você têm um diferencial imenso e já consegue ter uma visão mais ampla do que pode alcançar.

 

4 - Landing Pages e Email Marketing

 

O papel aqui é cheio de opções: desde enviar informativos aos seus clientes, trabalhar o pós-venda, enviar promoções exclusivas para banco de dados, conversar com leads captados, enviar conteúdo e fazer automação de vendas, através de plataformas como RD Station e LeadLovers, por exemplo.

 

5 - TikTok

 

Separei esse aplicativo pois ultimamente ele é o queridinho do maior nicho do mercado. Lembram quando o Instagram começou? Era um aplicativo de ostentação e proliferação exacerbada do consumo desenfreado. Hoje ele continua com esse objetivo, mas de uma maneira mais diluída e reinventada E CHEIA DE PROPAGANDA! Então a dica para usar o Tiktok é que ainda é um pequeno paraíso, um lugar "limpo" de propaganda explícita, mas que você pode usar e mostrar o seu negócio de maneira divertida e menos agressiva e claro: não gastando (até o momento) em impulsionamentos na plataforma, mas sim através de conteúdo, conversando e sendo visto diretamente pelo seu público ou até mesmo, usando perfis de pessoas que já se dedicam a plataforma e podem ajudar o seu negócio de uma maneira diferente.

 

 

6 - Aplicativos de vendas

 

Se o seu negócio não se encaixou em nenhuma das opções acima oferecidas, você tem o iFood, Uber Eats e o Rappi, por exemplo, para cadastrar o seu negócio, se puder entregar delivery e se for do ramo de alimentação.

 

7 - Criar seu próprio aplicativo

 

Vai colocar nele o que você quiser: atendimento personalizado, venda de produtos, serviço de entrega, etc.

 

8 - Espalhe seus conteúdos

 

Você pode publicar os mesmos materiais em diversas plataformas e sites diferentes. Um vídeo, por exemplo, que você posta no instagram, também pode ir pro YouTube e vice-versa. Isso aumenta a sua chance de ser achado! Abra uma conta no LinkedIn. Estude se o seu negócio também pode ser vendido para outros negócios e não só para o consumidor final. Abra um Pinterest, vincule seus conteúdos.

 

9 - Whatsapp

 

Se agarre nele, mas não faça besteira. Uma faca de dois gumes, deve ser bem utilizada. Se possível automatizada para atendimento externo e personalizada para pós-venda.

 

10 - Investir mais em impulsionamento dentro do Facebook e Instagram

 

A gente passou o texto todo fugindo um pouco das nossas origens, mas não podemos negar o que aprendemos com o Facebook e o Instagram e tudo o que há por trás dessas redes a favor dos negócios. Lá você realmente consegue fazer o ROI e saber a direção a investir.

 

A internet ainda tem muito mais do que descrevemos acima, para ajudar o seu negócio, principalmente nesse momento. Todas essas dicas podem ser mais aproveitadas e trabalhadas com o auxílio de uma agência de publicidade, de preferência especializada em Inbound Marketing, que fará a sua análise swot e planejamento estratégico.

Please reload

Posts Em Destaque

Trabalhar com o que gosta dá dinheiro, sim!

December 1, 2015

1/1
Please reload

Posts Recentes

April 3, 2020

April 2, 2020